MASTURBAÇÃO

MASTURBAÇÃO

A prática da masturbação é quase que um hábito cotidiano para a maioria dos homens sexualmente ativos. Mas é claro que assim como em outras questões relacionadas a sexo, existe um limite do que é normal e do que podemos considerar uma patologia.

Os homens desde a adolescência cresceram com mais liberdade para se tocarem. Muitos inclusive tinham o apoio dos pais e isto de alguma forma pode até ter contribuído positivamente para que na fase adulta este homem se torne mais seguro na sua intimidade.

Na puberdade (12 aos 17 anos) com a explosão hormonal os meninos veem quase como uma necessidade se masturbar todos os dias, às vezes até 2, 3, 4 vezes por dia, porque afinal isso tudo é novidade e o prazer vicia.

Mas quando falamos da fase adulta, varia muito de homem para homem. Quem pratica atividade física, tem uma rotina mais ativa, e uma alimentação saudável, a tendência é que tenha os níveis de produção de testosterona mais elevados, fazendo com que o próprio desejo sexual seja mais intenso.

Para casais que tem uma vida sexual ativa, que praticam sexo em média 1 ou 2 vezes na semana, pode acontecer do homem ainda assim, não se sentir satisfeito e praticar a masturbação como um complemento. MULHERES, isto é normal! Deixa ele fazer! Esperma não tem fim!

E o que foge do “normal”?

Quando a prática intensa da masturbação vira uma compulsão, a pessoa perde o controle das suas atividades normais e só pensa nisso.

Minha orientação é buscar uma ajuda profissional, psicólogo, terapeuta, sexólogo.

Mas também precisamos entender que esta prática segundo algumas instituições religiosas é considerada um pecado, imoral, suja e proibida.

O respeito as diferenças é necessário. Cada cultura tem suas crenças e normas e meu objetivo aqui é apenas informar a respeito de prazer.

DICA: Casais que tem uma cumplicidade sexual intensa, costumam se sentir a vontade um com o outro para se tocarem sozinhos, ou até mesmo um acariciar o outro, tornando a relação ainda mais prazerosa.

Quando temos a liberdade de proporcionar nosso próprio prazer, estamos atestando que nos sentimos bem com o nosso corpo e esta segurança é sem duvida, transmitida para o parceiro.

Sexo ainda é um assunto cercado de preconceito, traumas, medos e ansiedade. Quando você decide encarar todos estes tabus passa a ter mais qualidade de vida sexual, curtindo e aproveitando cada momento prazeroso e principalmente adquirindo mais autoconhecimento. Lembrando quando julgamos uma experiência que ainda não tivemos, estamos antes de tudo sendo preconceituosos. Desvendar o desconhecido, fará com que você tenha uma real noção de prazer se gosta ou apenas não conhecia.

  • MULHERES: este exercício de se auto conhecer (se tocar), permite sensações únicas e de intenso prazer. Os brinquedos eróticos são excelentes para curtir estes momentos. Costumo dizer… como vamos cobrar prazer do parceiro se não sabemos o que gostamos, onde e como queremos?!?!  Esta iniciativa, irá lhe proporcionar, sem dúvida, uma segurança muito expressiva na hora do sexo.
  • HOMENS:  a prática da masturbação vai proporcionar ao homem um maior controle de tempo de ereção, facilitará para que ele entenda qual o seu tempo e ritmo, as fantasias sexuais são uma grande aliada neste momento íntimo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s