ALEGRIA É AFRODISÍACO

ALEGRIA, UM PODEROSO AFRODISÍACO

Entre tantos conselhos espetaculares, este talvez seja o mais importante. A alegria é um poderoso afrodisíaco.

Pessoas alegres e de bem com a vida tem uma grande chance de estarem mais ativas e satisfeitas sexualmente e/ou se tornarem altamente atrativas.

Fato é que pessoas espontâneas, alegres, bem humoradas sempre se destacam na multidão, já parou pra pensar a respeito?  

Agora quando o assunto é sexo, relacionamentos, meus caros, preparem-se, pois esta verdade pode doer… Ninguém gosta de gente chata, mal humorada, crítica demais, orgulhosa, que vê defeito em tudo, vive apontando os defeitos do outro, que leva a vida com tanta seriedade que desperdiça a grande oportunidade de ser feliz!

Muitos relacionamentos entram em crises irreversíveis, por questões tão estúpidas que fica até difícil explicar. Começa com acusações pela falta de tempo, desinteresse pelo outro, excesso de trabalho, atenção demasiada pelos filhos, rotina, foco em outras coisas ou pessoas e tantas outras desculpas, que não necessariamente não sejam pertinentes, porém qual é a real importância disso tudo quando o amor está em jogo?!

Com tempo vêm os problemas maiores, perdem o respeito um pelo outro, atividades sociais são deixadas de lado, quando transam é por obrigação, o desejo sexual vai pelos ares, o mal humor toma conta do ambiente, não existe mais comunicação, resultando na total perda da admiração e se instala uma crise.

A boa noticia é que todos os relacionamentos são construídos desde o início com base na cumplicidade, intimidade, aceitação, confiança.

Então tenha absoluta certeza que se você amar de verdade e propor ao parceiro (a) um diálogo franco e sincero, passando por cima do seu orgulho, sem acusações mas sim lembrando todas as conquistas, evidenciando tudo aquilo que vocês tem de melhor, superações e desafios que já enfrentaram juntos, é muito possível que se restabeleça a paz e a harmonia do casal.

Para fechar com chave de ouro, riam muito de tudo isso, divirtam-se como se fossem adolescentes aprontando escondido dos pais. Namorem, no portão, no carro, na rua, na escada. Deem espaço as “mãos bobas e sem modos” dos tempos de que tudo era censurado ou libidinoso, mas era muito bom.

Deixem que toda esta alegria invada seus corpos na hora da intimidade, lembrando que todos somos LIVRES e que podemos e devemos criar nosso roteiro de felicidade e prazer.

Alegria e alto astral são fontes potencializadores do prazer, não é atoa que quem está apaixonado sorri o tempo todo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s